top of page

Céu do mês de Fevereiro

O mês de fevereiro começa com uma mudança de clima sutil. Aos poucos, o foco intenso na matéria e nos aspectos mais pragmáticos da vida do mês anterior arrefece. Mesmo assim, é necessário manter tanto a rotina sob controle quanto a dedicação ao trabalho em dia. Lentamente, porém, as relações, as trocas e a necessidade de trabalhar de maneira cooperativa passam a ter destaque e contribuem para que os objetivos possam ser concretizados.

 

Disciplina é uma palavra importante para este mês. É preciso completar o que se iniciou, riscando as tarefas da listinha uma a uma. Ainda não é um período de grandes iniciativas, sendo preferível manter uma atitude mais reservada e observadora, aproveitando o contexto para aprender com os erros e os acertos do passado e das pessoas ao redor.

 

A Lua inicia o mês minguando no diplomático Signo de Libra, indisposta com Mercúrio e Marte em Capricórnio. É um início tumultuado e isso pode ser sentido, com maior clareza, na comunicação com os outros. O mais indicado, agora, é não reagir e lembrar-se de que as emoções interferem no julgamento e na avaliação das situações. Quando a Lua chegar a Escorpião no dia 02, será o momento mais indicado para eliminar o que for necessário de modo definitivo.

 

Os movimentos lunares de fevereiro são marcados pelo ritmo fixo, desenhando um bom mês para concretizar ideias e caminhos. Manter os objetivos em mente é o segredo para não se perder no ímpeto de mudanças que o mês sinaliza.

 

A eletricidade dos primeiros dias de fevereiro pode trazer ótimas oportunidades e muita criatividade. Anotar insights e ideias inusitados que surgem é uma excelente atitude, pois eles poderão ser profundamente inspiradores para os projetos da próxima lunação.

 

No dia 05, Mercúrio ingressa no Signo de Aquário, acompanhando o passo do Sol. A mente se agita e se inquieta, voltando-se para o futuro e para o coletivo. Novas ideias, novas conexões e novos rumos podem ser explorados entre os dias 05 e o dia 23 do mês de fevereiro.

 

Logo que chega a Aquário, Mercúrio encontra-se com Plutão e permanece em contato estreito com ele até o dia 07. Esse encontro intensifica a capacidade de exercer a influência e o controle por meio da fala e da força do intelecto. O desejo de se aprofundar, descobrir a raiz dos problemas e os segredos ocultos está em evidência nesse período. Porém, é importante ficar alerta para que uma ideia não ocupe a mente de maneira obsessiva ou para que a fala não seja usada como uma arma para subjugar os outros.

 

A semana anterior ao Carnaval promete muita criatividade, inspiração, sensualidade e sensibilidade. A séria Vênus Capricorniana inicia uma conversa animada com Urano no dia 07 e segue trazendo novidades nos relacionamentos e convidando à quebra das rotinas até o dia 09. Como os dois estão em signos de terra, os assuntos voltados ao corpo e à realidade material estarão em pauta e poderão ser beneficiados. Também no dia 07, Marte propõe um diálogo amistoso com Netuno e, desse modo, as ações são temperadas por maior sensibilidade e compaixão até o dia 10. Esse desejo de romper com os limites que restringem a expressão pessoal pode causar problemas e acidentes no dia 08. Por isso, é essencial manter a paciência e usar a inquietude para mudar o que precisa ser mudado dentro de si, antes de tentar aplicá-lo no mundo ao redor.

 

Na sexta, dia 09, com os tambores vibrando pelo país, a Lua começa sua fase Nova no Signo de Aquário. As emoções pedem liberdade, inovação e são alimentadas pelo convívio com as amizades e por meio do bem-estar coletivo. Essa lunação é marcada pela irreverência, pelo otimismo, pelo desejo de ousar e romper com as limitações que impedem a chegada do futuro. E isso é excelente, mas é preciso contornar as arapucas construídas pelos excessos de otimismo. Fazendo isso, será possível fugir dos riscos trazidos por comportamentos imprudentes.

 

No dia 13, Marte entra em Aquário, reforçando o clima de transformação e logo encontra Plutão, amplificando o potencial revolucionário do período. Os dias entre 12 e 15 de fevereiro prometem ser intensos, recheados de conflitos entre vontades e ambições. Nesse período é prudente evitar situações com potencial de serem perigosas. Escolher as batalhas e adversários com sabedoria sempre é um bom conselho, mas é ainda mais recomendável nesses dias. O sextil entre Vênus e Netuno, que ocorre simultaneamente ao encontro entre Marte e Plutão, dá uma boa dica, sugerindo usar a compaixão como guia para escolher o que merece estar no foco dessa concentração energética.

 

A Lua começa a encher-se de luzes novamente no dia 16, em Touro. Com a Lua nesse signo, são os projetos que talvez precisem de um pouco mais de tempo que poderão trazer resultados mais abundantes e duradouros. Nesse mesmo dia, Vênus deixa Capricórnio e avança para Aquário. Durante sua fase aquariana (de 16/02 a 11/03), o amor deixa se ser um assunto discreto e pessoal para ser do mundo. Os valores humanitários, a diversidade e as amizades movimentam os interesses afetivos. Ao entrar em Aquário, Vênus também se encontra com Plutão. E, com isso, esses dias ganham um colorido ainda mais intenso. Não é só o passo do tempo que se acelera, mas também a profundidade das emoções e dos desejos que aumentam, criando uma atmosfera de extremos para o período.

 

Entre os dias 17 e 18, faíscas explodem no embate entre Mercúrio e Urano. A mente hiperestimulada demanda uma boa dose de flexibilidade para não entrar em curto-circuito. Planos elaborados, deslocamentos rotineiros e conversas cotidianas parecem sair dos trilhos, sendo interrompidos por imprevistos e mal-entendidos. Reduzir a velocidade e usar o jogo de cintura são as maneiras mais acertadas de se obter o melhor que esses dias têm a oferecer. É importante, no entanto, encontrar saídas para evitar que a ansiedade atrapalhe.

 

A partir do dia 19, a atmosfera começa a mudar com a entrada do Sol no Signo de Peixes. A capacidade solar de vitalizar a consciência é direcionada para iluminar a alma e tudo aquilo que só é possível ver com o coração e em silêncio. Esse movimento será amplificado no dia 24, quando a Lua alcança seu brilho máximo, mostrando ao mundo tudo o que foi possível transformar em realidade nesse ciclo lunar.

 

Porém, antes de isso acontecer, fevereiro traz o casamento entre Vênus e Marte, no Signo de Aquário. Entre os dias 20 e 24 de fevereiro, o amor está no ar. Não falta energia para buscar uma relação que atenda às expectativas elevadas e ao ímpeto pela liberdade desse encontro. É possível também usar as indicações desses dias para revolucionar algo na vida pessoal, de tal maneira que o encanto e a paixão voltem a fazer parte do cotidiano.

 

Para aumentar o clima sonhador, no dia 23 de fevereiro, Mercúrio se despede de Aquário e começa seu caminho pelo Signo de Peixes. Essa não é uma posição muito confortável para o planeta que rege o intelecto e o movimento. Em Peixes, Mercúrio perde o domínio da clareza das ideias e precisa aprender a navegar pela sensibilidade pisciana. Durante esse percurso, embora o planeta sofra com a perda da capacidade do raciocínio lógico, ele ganha em intuição, inspiração e percepção da subjetividade.

 

Com a chegada da Lua em sua fase mais plena, no dia 24, tudo o que foi possível realizar nesse ciclo lunar é revelado. Tanto as vitórias alcançadas quanto as expectativas frustradas são mais fáceis de digerir se as cobranças e o excesso de criticismo sinalizados pela Lua em Virgem foram controlados. Aproveitar esse momento para enumerar as bênçãos alcançadas, sem se deixar levar por arroubos de arrogância, é a atitude mais adequada para o período. 

 

A Lua em Virgem dá a justa medida das coisas e ensina que cuidar dos detalhes também é uma atitude acolhedora. Apesar desse período trazer uma tendência ao isolamento e à carência, é importante compreender que o reconhecimento nasce primeiro dentro de si. Reconhecer esforços, espalhar benefícios com generosidade e manter o olhar no futuro aumentam o brilho próprio e a satisfação com a jornada.

 

Entre os dias 24 e 28, Vênus e Júpiter se indispõem e ajustes são necessários. É possível perder a disciplina nesses dias e há uma tendência a procurar fazer somente o que se gosta. Embora seja uma sensação agradável, as consequências desse comportamento não o são. Um pouco de moderação, discernimento e autocontrole são suficientes para assegurar que esses sejam dias bastante agradáveis.

 

Sendo assim, o mês de fevereiro termina com a formação de um grande encontro entre Mercúrio, Sol e Saturno, todos no Signo de Peixes. Mercúrio se aproxima do Sol, estimulando e inspirando novas ideias, trocas e viagens. O Sol, por sua vez, segue em direção a Saturno, buscando estruturar os esforços prioritários para disseminar a colheita da Lua Cheia. Os dias 28 e 29 de fevereiro são excelentes para se concentrar em trabalhos que beneficiem àqueles que mais precisam de apoio, solidariedade e cuidado.

Miolo-Livro_Lua-2024-156x230mm_384p_ copy_page-0001.jpg
bottom of page